Integração de redações, the last one

No último dia do tour, já em Londres, visitamos a gigantesca e famosa redação de seis mil metros quadrados do Daily Telegraph, onde a integração chegou em janeiro de 2007 com a transferência dos 500 jornalistas do The Daily Telegraph, do The Sunday Telegraph, do The Weekly Telegraph e suas respectivas e mínimas operações on-line para o novo prédio da empresa
.

Além da grandiosidade da operação, o processo de integração do Daily surpreende pela visão estratégica, organização e treinamento realizado. Desenhada como uma flor, a nova redação é responsável pela publicação dos títulos impressos e pelo portal de notícias. A produção multimídia conta com uma equipe de 12 profissionais, assim como os projetos on-line têm uma equipe dedicada de 25 jornalistas. Profissionais das áreas de marketing, circulação e métricas também têm postos de trabalho ao lado dos jornalistas. Outro destaque é a forte remissão entre as edições: cada página do jornal tem pelo menos uma chamada (o nosso dedo-duro) para conteúdo complementar na web. A unificação das operações resultou em crescimento de 7,35 na circulação diária e também de aumento na participação de mercado do grupo, segundo os editores-executivos que nos receberam na visita.

Por fim, estivemos no Financial Times, onde os ventos da integração chegaram há dez anos, com a mudança de contrato de trabalho que fez com que os funcionários do impresso passassem a responder também pela produção do on-line. Ainda que a produção seja unificada a redação do FT tem uma equipe de edição para o site que, assim como o impresso, tem quatro edições regionais (Inglaterra, Europa, EUA e Ásia).

Para ter uma maior agilidade na edição, foi implementada uma mesma plataforma de publicação para todos os produtos. Outra decisão que chegou com a integração é a de dar os “furos” primeiro no site de notícias e assim já garantir uma repercussão nas edições impressas. Apesar de ter uma equipe de 20 profissionais apenas para a produção da web TV, a produção multimídia do FT é pequena e a liderança da redação reconhece a necessidade de pensar e fazer mais multimídia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s