Automatizar para a redação pensar

Adrian Holovaty é jornalista e amplo conhecedor de bancos de dados na web. Desenvolveu projetos interessantes para o LawrenceJournal, como um guia de programação cultural que permite ampla interação dos leitores (com envio de críticas e geração de ratings de qualidade) e buscas por vários tipos de filtros (tags). Na conferência da ONA, Holovaty participou de painel em que defendeu enfaticamente a criação de mais e mais serviços para o leitor a partir de bancos de dados. Mas com uma absoluta exigência: que esses serviços sejam pensados de forma que sua atualização seja automática. Isso mesmo, sem bracinhos humanos envolvidos no processo.

– Os jornalistas precisam estar livres para apurar, editar, fazer vídeos e projetos especiais. Essa inteligência não pode ser usada para um trabalho mecânico. O investimento deve ser apenas para a criação do projeto e o que se gasta depois é apenas com suporte técnico – explicou Holovaty, hoje editor de inovação do WashingtonPost.com.
Como exemplo, ele lembra dois de seus cases de sucesso: Chicago Crime e o US Congresso Votes, ambos desenvolvidos de forma que sua atualização seja casada com a entrada de dados no registro de ocorrências da polícia de Chicago (caso do ChicagoCrime.org) e com a votação eletrônica dos projetos pelo Congresso americano (caso do US), o que faz com que sua atualização seja automática. Bingo!

Um comentário sobre “Automatizar para a redação pensar

  1. A falta de tempo para pensar no que fazemos é uma grande angústia… Todos os que trabalham na web têm que conviver com esse drama, principalmente se estão em empresas com baixo investimento em pessoal…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s