A primeira vez a gente nunca esquece

Não é bom começar um texto com lugar-comum, ensinam os manuais de jornalismo. Mas essa é a melhor frase para resumir minha participação de três dias na conferência anual da ONA -Online News Association em Washington DC ( 5 a 7 de outubro). Conheci muita gente legal e com idéias interessantíssimas que eu nunca soube que existisse. Tive o prazer de ver de perto alguns que sempre admirei à distância (Nora Paul, Jeff Jarvis, Adrian Holovaty, Mike Davidson). Conheci algumas soluções das quais estamos a anos-luz de distância. Constatei que o jornalismo online brasileiro já executa muita coisa que os americanos nem sabem que é possível fazer.

E o melhor: vi que os problemas de cultura, as dúvidas, angústias e as dificuldades são os mesmos, só mudam de código postal.

Nos posts que virão alguns flashes desse turbilhão de informações que recebi nesses dias. O jornalista Octavio Guedes, editor-executivo do Extra, também estava lá. Alguns dos posts abaixo também trarão informações de painéis assistidos por ele.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s