Explodir a redação e acabar com a mesmice

Mergulhada na web em busca de dados para uma apresentação aqui da empresa, li um texto muito interessante, fruto de uma conferência sobre o futuro do jornalismo.
A discussão é sobre como desconstruir as redações para produzir um jornalismo mais inteligente e com jornalistas mais felizes em relação ao seu trabalho.
Reconheci muitas coisas em que acredito, piamente.

1. Escrever menos histórias – Apostar em bons assuntos e aprofundá-los em vez de atirar para todos os lados e não fazer nada bem. A escassez de recursos e a concorrência faz muitas vezes que a chefia não perceba a necessidade de investir num assunto. E essa missão fica a cargo apenas dos repórteres especiais. Mas boas histórias podem ser contadas simplesmente por bons jornalistas, bem pautados e respaldados por suas chefias.

2. Apostar em nichos – Os leitores estão cada vez mais segmentados. Cada vez mais à procura de notícias “personalizadas”. Encontrar os nichos interessantes aos leitores trará uma audiência fiel aos jornais. Impressos ou onlines

3. Focar nos jovens – Essa tribo não lê jornais e já começa a criar suas próprias formas de se informar. É preciso transformar os veículos em foco de interesse deles, com mudanças na forma e no conteúdo

4. Inverter a mão – O jornal impresso deve publicar mais as notícias que estão no online e que são commodities. Assim, terá mais tempo para ir atrás de boas histórias

5. Liderar do meio, não do topo – Estar com as bases, ouvir sugestões, estar disponível é o que falta nas chefias das redações. Os jornalistas precisam ser ouvidos. São vaidosos e carentes. Deixar essa gente desassistida só trará desestímulo. E fará com que as boas sugestões de pautas e melhorias nos processos fiquem perdidas na rádio-corredor.

6. Seja intencional, não acidental – Acredite que é possível mudar. Virar de cabeça para baixo uma redação, mudar formatos e processos pode doer, trazer alguma resistência ou sofrimento, mas se houver uma intenção clara, definitivamente, trará muitos ganhos também

4 comentários sobre “Explodir a redação e acabar com a mesmice

  1. Brilhante o grupo de sugestões, com as quais, depois de 15 anos nas redações de grandes jornais, concordo firmemente.

    Lendo uma a uma, chegou a passar uma brisa de entusiasmo e perspectiva, que faz acreditar, mesmo, num jornalismo mais inteligente e jornalistas mais felizes.

    Talvez isso aí, bem assimilado, consiga dissipar essa bruma que paira nas redações atuais, que, de uma forma ou de outra, transformaram-se, quase, em repartições públicas ou fábricas repetitivas de mesmas-coisas, algo próximo das commodities do texto.

  2. Hola ¡ Fantástico Blog ! felicidades. Lo he añadido a mis favoritos para consultarlo frecuentemente, porque en temas de marketing inteligente nunca termina uno de aprender…

    Te comento que yo también tengo un sitio web, dedicado a tratar los temas relacionados con el marketing inteligente, te sugiero puedas echar un vistazo a nuestro web en internet marketing inteligente

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s