Preparando jornalistas para o online

Enquanto em Manhattan o “politicamente correto” não vai além de uma divisão de baias (veja o post), em Londres a Press Association, principal provedor de conteúdo e multimídia do mercado inglês, decidiu treinar seu staff para produzir mais notícias online. O editor responsável pelo treinamento, Tony Johnston, justifica a decisão lembrando que a demanda por esse tipo de conteúdo vem crescendo e que, para atendê-la, os jornalistas do grupo devem estar mais confortáveis e treinados o suficiente para enviar breaking news, gravar vídeos e áudios e preparar um conteúdo para web. Diz ainda que estar apto para essas funções será um divisor de águas para a empregabilidade no futuro próximo.
Sinal de que alguém reconhece que as aptidões para esse meu, seu, nosso trabalho vão muito além de saber lidar com códigos em html ou manejar uma câmera ou gravador digital…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s