AG e PG: a vida antes e depois das buscas

Eu e alguns coleguinhas comentávamos na semana passada: como era a nossa vida sem o Google?? As ferramentas de busca mudaram muito a rotina das redações – e são um convite à mediocrização, acusam alguns críticos – mas jogue a primeira pedra quem não as usa ou nunca as usou.
Mas assim como nós, jornalistas, as usamos, os leitores cada vez mais também as utilizam para fazer pesquisas de notícias antigas e DIÁRIAS!!!!
Pesquisa da consultoria Harris Interactive com mais de 2 mil usuários de web em idade adulta mostra que 64% usam as ferramentas para obter informações sobre fatos do dia-a-dia. Sim, essa gente não está indo aos sites dos grandes jornais ou redes de TV para se abastecer de notícias. Simplesmente abrem o Google, digitam o assunto e tcharã: ali está o que eles querem!!! Desses 1,3 mil usuários, 45% estão em busca de opiniões ou informações adicionais sobre os assuntos. Uma bela ameaça à audiência dos sites de notícias, não?

2 comentários sobre “AG e PG: a vida antes e depois das buscas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s